Laura Moriarty

Laura Moriarty compara seus processos em seu estúdio com os processos da Terra. As formas, cores, texturas e padrões de suas pinturas escultóricas resultam de forças semelhantes às que moldam e remodelam a Terra: aquecimento e resfriamento, erosão, subdução, fricção, enrolamento, intempérie e deslizamento. As camadas de cor formam os estratos de uma metodologia em que o imediatismo da mão pode traduzir uma sensação de tempo profundo. Trabalhando e retrabalhando a cera de abelhas fundidas e ricamente pigmentadas, Moriarty constrói cada pintura / objeto através de um engajamento físico lento, simples e extenuante, que muitas vezes se torna uma metáfora para a efemeridade da vida e da civilização.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google photo

You are commenting using your Google account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s